Sucesso em concursos

Foram outros tempos…

Entrei no Banespa (era o Banco do Estado de SP que foi comprado pelo Santander – informação para novatos).
Estudei apenas técnicas bancárias, matemática básica e português… fui lá sem muita convicção… Passei em 5 mil e tralalá… Fui chamado quase 3 anos depois…
Hoje em dia, num concurso desse tipo (grande instituição), seus concorrentes de nível médio conhecem contabilidade, direito, raciocínio lógico, inglês e muito mais…

Entrei no Banco do Brasil
Prá esse, já com várias decepções em concursos menores, comprei um material que era baseado em concursos anteriores feitos pela instituição.
Bingo!
Essa tática funciona até hoje. Estudar muito e fazer exercícios da banca examinadora que vai realizar o concurso é caminho certo.
Entrei em 3º lugar e fiquei muitos anos por lá.

Passei no TRT, no MPU, na Receita Estadual… Mas o que importa aqui é dizer que o caminho para o sucesso é conhecido. O que diferencia quem entra de quem não entra é a dedicação e a persistência. Afinal, milhares de candidatos estudam alguns meses, têm uma decepção, e vão “cuidar da vida”… alguns meses depois, lá estão eles, começando a estudar outra vez as vésperas do concurso… sempre depois de lançado o edital.

E as provas estão cada vez mais difíceis e melhor elaboradas (pro mal, pois estão com pegadinhas e longos textos cansativos).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *